O que estás a ler, Vânia Duarte

Hoje a convidada na rubrica O que estás a ler á a Vânia Duarte. Conheci a Vânia nesta andanças dos Blogs e tenho acompanhado o percurso dela, que muito admiro, a Vânia é daquelas forças da natureza que vale a pena conhecer. Além disso partilhamos a paixão pelos livros! 

Quem é a Vânia?
Olá, chamo-me Vânia Duarte e sou a morning person mais bem disposta que vão conhecer na vossa vida e acredito profundamente que o deitar cedo e cedo erguer dá saúde e faz crescer foi feito a pensar em mim :) Tenho 33 anos, sou designer digital, estudante de cristaloterapia e meditação e uma grande apaixonada por animais - especialmente pelos meus dois amores felinos. Moro pertinho do mar e agradeço todos os dias por esta sorte grande. Sou autora do Lolly Taste há 8 anos, um blogue onde partilho a minha jornada contra a bulimia, excesso de peso e ansiedade e onde acima de tudo procuro com a minha forma directa de abordar estes temas mostrar a quem me lê que há sempre uma luz ao fundo do túnel :)

Lolly Taste/ | Instagram | Facebook

Quando descobriste a paixão pela leitura?
Sem dúvida através da minha mãe que engole livros como eu costumo dizer. Quando entrei para a primeira classe já sabia ler, porque desde muito cedo a minha mãe fazia muitos jogos de palavras comigo enquanto andávamos na rua a passear e isso acabou por despertar em mim o interesse em pegar nos livros dela ou nas revistas.


És "livromaníaca" desde que idade?
Desde os 6 anos, quando comecei a fazer imensas coleções de cromos de diferentes áreas - dartacão, wild life, rua sésamo e outras tantas e queria muito não só colar os cromos mas conseguir ler as descrições e histórias que vinham com as cadernetas. Depois disso a minha mãe ofereceu-me uma coleção de livros sobre os gauleses com ilustrações super giras e o meu amor cresceu ainda mais. Depois claro vieram as coleções de Uma Aventura e dos Arrepios.

Quando e onde lês?
Leio sempre à noite depois de jantar. Foi um hábito que me incuti no início de 2017, isto porque apesar de adorar ler andei aí uns anos a procrastinar um bocadinho com este assunto e queixava-me muito que não tinha tempo para ler. Um dia, um grande amigo perguntou-me se eu tinha noção do tempo que perdia nas redes sociais e quando fui ver assustei-me porque por dia estava umas 3h no snapchat e outras tantas no Instagram. 
E foi aqui que percebi que estava ali o meu tempo para ler, por isso no início de 2017 tomei a resolução de colocar o telemóvel em modo voo a partir das 21.30 e nesse ano passei de ler 0 livros para 24. Hoje em dia já não preciso colocar o telemóvel em modo voo porque já se tornou parte da minha rotina nocturna.

Gostas de ler um livro de cada vez ou vários em simultâneo?
Admiro muito quem consegue ler vários livros, mas para mim isso é impensável. Quem me conhece sabe que eu tenho uma atenção de peixe e por isso é muito complicado para mim o multi tasking, por isso livros para mim precisam de ser um de cada vez.

Quantos livros lês em média por mês?
Acho que é de fases. No Verão andava a ler 3 por mês, mas nestes últimos 2 meses só consegui ler 1. Confesso que não é uma coisa que me incomode muito, a minha meta é ler 1 por mês, se conseguir mais tudo ok.


Quantos livros é que achas que já leste na tua vida?
É que não faço mesmo ideia nenhuma, talvez 200 :)

Se fosses viver para uma ilha deserta e só pudesses levar um livro, qual seria?
Acho que levava o Pequeno Manual de Sobrevivência de Francis Galton. Tendo em conta os meus péssimos dotes para a bricolagem na minha casa, não previa grande sucesso na arte de fazer fogueiras, arranjar alimentos ou fazer nascer uma cabana, por isso este livro iria dar-me jeito.

Compras todos os livros que lês, ou frequentas a Biblioteca Municipal?
Compro 95% dos livros que leio em segunda mão. Compro muito no OLX e recentemente comecei a comprar na livraria Deja Lu que é só o espaço mais bonito de sempre em Cascais, com muitos livros actuais em segunda mão a preços bem simpáticos e onde todo o dinheiro reverte para a associação trissomia XXI.

Não se ama alguém que não lê os mesmos livros?
Ama-se quem se tem de amar :) Não acho nada que as pessoas tenham de ter 
os mesmos gostos para se amarem da mesma forma que não acho que os 
opostos se atraem. Quando o amor tem de acontecer acontece, se vier com 
os mesmos gostos literários ok, se não vier ok na mesma :) Temos de saber 
amar a individualidade do outro.

O que estás a ler?
O Homem de Giz.


Como descobriste este livro?
Já tinha ouvido falar muito dele, porque foi um dos grandes hits de 2018 e num dia em que fui à Deja Lu procurar a Sombra do Vento do Záfon, acabei por trazer também o Homem de Giz.

Recomendas?
Sim muito. Se gostam da série Stranger Things vão adorar este livro. Tem muita inspiração na série, um grupo de miúdos, coisas misteriosas e sobrenaturais a acontecer e uma grande lição de amizade.


Obrigada Vânia pela partilha, também já li o Homem de Giz e concordo contigo, vale bem a pena esta lição de amizade!

Deixo-vos também a sugestão do Clube de Leitura by Cláudia que organizei e onde mensalmente vos envio sugestões de livros para miúdos e graúdos.


Beijinhos * Cláudia 

Enviar um comentário

Instagram

TODAS AS IMAGENS E CONTEÚDOS DESTE BLOG SÃO PROPRIEDADE DE CLÁUDIA GONÇALVES GANHÃO.
NÃO É PERMITIDO COPIAR OU UTILIZAR QUAISQUER CONTEÚDOS DESTE BLOG
PARA QUALQUER FINALIDADE SEM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.
© Cláudia Gonçalves Ganhão . Design by Fearne.