O que estas a ler, Joana Diogo?


A Joana, tem 31 anos e vive em frente ao mar. Tirou o curso de Imagiologia, mas foi apenas quando começou a trabalhar na área que percebeu que essa não era a sua praia. 
Aos 8 anos a Joana já tinha um ritual semanal, ler um livro de banda desenhada. 
Em termos profissionais, após a experiência na área da Imagiologia, esteve na área da formação numa multinacional (onde conheceu o marido João), mas desistiu ao fim de quatro anos e muitas viagens solitárias. Depois ainda tentou a área farmacêutica, mas engravidou do Sebastião e as coisas complicaram-se. Há cerca de 5 meses despediu-se para dar vida a um projecto há muito sonhado e pensado em conjunto com uma amiga, o Fox & June. Agora dedica-se ao filho e ao projecto de igual modo, de corpo e alma.

A Joana vem de uma família que não ligava a livros por aí além. Não tem memórias de ver os pais lerem, mas acha que nasceu com esse bichinho.  Começou pela banda desenhada aos oito anos, que era o mais fácil de ler e também gostava muito das ilustrações. Depois começou a interessar-me a sério pelos livros da escola e aprender a escrever foi, para ela, a coisa mais fácil do mundo. Nos longos verões no Ribatejo (de onde é natural) passava tardes a copiar textos de livros para cadernos. Ao fim do dia mostrava aos pais como a sua caligrafia estava cada vez melhor. Depois passou para os livros de aventuras e seguiu para os romances, como Isabel Allende ou Alice Vieira.

"Tenho um gosto muito eclético e leio de tudo um pouco. Às vezes compro livros só porque gosto da capa ou do título. Já devo ter lido mais de 200 livros."

Desde que foi mãe (o Sebastião tem 18 meses) não consegue ler tanto como gostaria, antes de ser mãe lia um ou dois livros por mês. 

"É impensável estar com ele em casa e conseguir concentrar-me num livro porque ainda requer muito a minha atenção. Mas tenho sempre um livro na mesa de cabeceira e leio quase todos os dias nem que sejam apenas 4 páginas. Quando vou de férias, apesar de irmos sempre para destinos com mil coisas para ver, gosto de ler no avião, ou se vamos para umas férias mais descontraídas deixo as redes sociais de lado e deito-me serenamente a ler na praia."

A Joana é muito organizada e não é capaz de começar um livro sem ter acabado o que estava a ler. Mesmo que não esteja a gostar por aí além, obriga-se a lê-lo até ao fim, pois se começasse outro dificilmente voltaria ao primeiro.

Fiz algumas perguntas à Joana, aqui estão as suas respostas:
- Joana, se fosses viver para uma ilha deserta e só pudesses levar um livro, qual seria?
"Um livro que já li muitas vezes é o “Fazes-me falta” da Inês Pedrosa. Descobri-o numa altura muito específica da minha vida e marcou-me imenso."

- Compras todos os livros que lês, ou frequentas a Biblioteca Municipal? 
"Não gosto muito de admitir isto, mas compro todos os livros que leio. Nunca tive o hábito de ir buscar livros à biblioteca, acho que a pressão de ter de os ler nalgum espaço de tempo me tira a vontade de o fazer. Ultimamente já tenho trocado livros com amigas e peço muitos deles pelo natal."

- Não se ama alguém que não lê os mesmos livros? 
"Esta resposta é demasiado fácil para mim. Ama sim. O João é um leitor ávido. De grandes clássicos. Foi ele que me deu a descobrir Jane Austen, Virginia Wolf e os escritores russos (que não adoro por aí além). Mas o escritor preferido do João é o Murakami e até hoje não consigo acabar os livros dele. Já tentei 3 diferentes e simplesmente não gosto. Mas adoro o João e casei-me com ele na mesma :)"



A Joana está a ler Viagem ao Infinito da Jane Hawking, foi-lhe oferecido no aniversário. 
"É um livro interessante. Conta a história de vida dela e do Stephen Hawking. Cheia de peripécias daquele tempo e dos obstáculos que foram tendo com a doença dele. Para quem gosta de ler biografias é um bom livro."

Podem conhecer melhor a Joana, seguindo-a no seu Instagram.

Obrigada Joana pela participação nesta minha rubrica, continuação de boas leituras! 

Beijinhos * Cláudia 

Enviar um comentário

Instagram

TODAS AS IMAGENS E CONTEÚDOS DESTE BLOG SÃO PROPRIEDADE DE CLÁUDIA GONÇALVES GANHÃO.
NÃO É PERMITIDO COPIAR OU UTILIZAR QUAISQUER CONTEÚDOS DESTE BLOG
PARA QUALQUER FINALIDADE SEM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.
© by Cláudia Gonçalves Ganhão . Design by Fearne.