Como simplificar o Natal

O Natal é tempo de família, de paz, de amor, de tranquilidade e obviamente de descomplicar e simplificar, pois só assim temos disponibilidade para desfrutar do que realmente é importante. 
Se andarmos feito meias baratas tontas, a querer fazer tudo e mais alguma coisa (algo que nós mães somos pródigas em fazer), o efeito vai ser exactamente o oposto. Complicamos a nossa própria vida, sobrecarregando-nos de tarefas e afazeres, que muitas vezes só nós mesmas é que achamos importantes e que daremos pela sua concretização. Por isso vamos lá simplificar o Natal! 

↪ Menos decorações de Natal - não precisamos de ter a casa toda decorada e as mil e uma coisas que sempre teve. Menos é mais, para quê complicar? E acima de tudo poupe tempo e invista-o no que realmente a faz feliz! 
↪ Livrarmo-nos das tradições que não fazem sentido - seja ela qual for, pois se causa desconforto e stress à maioria é porque não faz sentido perpetuar. 
↪ Comprar menos presentes - passar a véspera de Natal no centro comercial à procura daquela bugiganga para a tia ou daquele brinquedo xpto para juntar aos 10 presentes que o seu filho já vai receber! É a quantidade de presentes o que realmente importa? Para quê tanta azáfama, tanto tempo e dinheiro gasto? 
↪ Não faz mal errarmos - se o bolo que todos anseiam este ano não cresceu, se se esqueceu de comprar o queijo favorito do seu pai, se o vinho acabou, o bacalhau está salgado se o pão está duro, se se esqueceu de identificar os presentes, enfim, a verdade é que muitas memórias nascem de erros e são essas memórias que ainda hoje nos fazem sorrir. 
↪ A perfeição é impossível de alcançar - um Natal digno de capa de revista nunca acontece com a sua família, a casa fica desarrumada, as crianças correm, gritam e fazem-nos descabelar, os tios discutem futebol, a confusão instala-se. Enfim é a vida real! 
↪ Atenção ao budget - dar um passo maior do que a perna não vale mesmo a pena, é só para nos afundarmos em dívidas.
Desacelerar, saber quando devemos parar, descansar - sim porque saber cuidar de nós e respeitar-nos é dos melhores exemplos que podemos dar aos nossos filhos. 
↪ Delegar - Se são 30 pessoas a passar o Natal juntos porque é que temos de carregar todo o peso e obrigações sozinhas? Ainda acredita na Super Mulher? 
↪ Abraçar a Espiritualidade - Iindependentemente da sua crença religiosa (ou não religiosa), há muito mais neste mundo do que as coisas que vemos. Abrace a espiritualidade nesta época festiva, promovendo o amor, a esperança, o perdão.

Também passo anualmente por algumas situações stressantes e muitas vezes quando dou por mim já estou atolada em compromissos e tarefas que só me desfocam. Nem sempre é fácil conseguirmos passar incólumes nestas épocas festivas, mas temos que ser cada vez mais conscientes e não sermos somente autómatos que só fazem coisas, temos que colocar uma intenção em tudo o que fazemos, e sermos conscientes da forma como usamos o nosso tempo. Acredito que é um caminho que temos de fazer para dar mais sentido à vida desgovernada que nos querem fazer acreditar que é a certa! E vocês o que acham?

Se gostou deste Artigo guarde-o no Pinterest 

Photo by freestocks.org on Unsplash

Enviar um comentário

Instagram

TODAS AS IMAGENS E CONTEÚDOS DESTE BLOG SÃO PROPRIEDADE DE CLÁUDIA GONÇALVES GANHÃO.
NÃO É PERMITIDO COPIAR OU UTILIZAR QUAISQUER CONTEÚDOS DESTE BLOG
PARA QUALQUER FINALIDADE SEM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.
© Cláudia Gonçalves Ganhão . Design by Fearne.