segunda-feira, 30 de abril de 2018

Não é o que se diz, é como se diz


Como tudo na vida não é o que se diz, é como se diz. Há que ter cuidado, há que saber colocar-nos no lugar do outro e principalmente quando falamos de questões relacionadas com os filhos dos outros.


Mais uma consulta de Especialidade no Hospital Público, depois das perguntas iniciais:
- Como tem passado?
- Os pais notam alguma evolução?

Seguiu-se a observação física em que lhe foi pedido para fazer alguns exercícios, como correr, andar rápido, sentar e levantar do chão, aos qual ele reage bem e colabora quase sempre.
Mais exercícios de força, onde se verifica a força que tem nos membros inferiores e superiores, brincando e empurrando as mãos da médica.
Finalizam-se com os exercícios reflexo usando os martelos.

No final a médica refere que ele está óptimo e que de Abril para Julho não se verificam avanços da doença.
Mãe feliz e entusiasmada pergunta: Isso é um bom prognóstico?
E a resposta que recebe: Nesta doença não há bons prognósticos!!!

Mãe fica de coração apertado e confessa que a sua vontade foi gritar e quem sabe até esbofetear quem lhe responde desta forma!

Ser médico não é só saber de anatomia, fisiologia, doenças, tratamentos e saber interpretar sintomas, sinais ou meios complementares de diagnóstico. Ser médico é também saber falar com os pacientes, com as famílias. É saber ser empático, é saber comunicar de forma assertiva. E se não sabe há que ter humildade e ir aprender. 

Sou realista e sei que a doença é grave, mas há outras formas de falar com uma mãe sem omitir a verdade, sem deixar de ser o que é, sem fugir à verdade.
Há frases tipo que se podem usar:
- Ainda é cedo para um prognóstico
- Cada indivíduo reage de maneira diferente
- Vamos monitorizando

Sei que o meio envolvente, as boas energias, o acreditar, o amor, as pessoas que nos querem bem, as pessoas que nos sossegam o espírito são essenciais para o processo de cura, são essenciais para atenuar a dor deste caminho que não é fácil.

Vamos caminhando juntos, vamo-nos fortalecendo e vamos lutando todos os dias por ti meu amor! 

Photo by Oleksandr Pidvalnyi from Pexels

2 comentários

  1. É muito triste, ver tanta insensibilidade e desinformação num profissional de saúde.
    Não se deixem abater. Já vi tanta coisa boa acontecer onde não se sabia como ia ser a evolução, que só deu força a frase de Abel Salazar com que tanto concordo:
    "Um médico que só sabe de medicina, nem de medicina sabe" - Abel Salazar
    Muita força e um beijo enorme

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada querida pelas tuas palavras, são sem dúvida reconfortantes.
      E essa frase é sábia"
      Beijinhos

      Eliminar

Instagram

TODAS AS IMAGENS E CONTEÚDOS DESTE BLOG SÃO PROPRIEDADE DE CLÁUDIA GONÇALVES GANHÃO.
NÃO É PERMITIDO COPIAR OU UTILIZAR QUAISQUER CONTEÚDOS DESTE BLOG
PARA QUALQUER FINALIDADE SEM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.
© by Cláudia Gonçalves Ganhão . Design by Fearne.