terça-feira, 20 de março de 2018

Nas costas dos outros...



Vejo as minhas, o ditado é antigo e continua bem actual, mas também confesso que nos dias que correm pessoas assim só me fazem uma única coisa. É fugir delas a sete pés!!! 
Arre, vão espalhar más energias para outro lado, pois o tempo em que me deixava afectar por esse tipo de conversas, do diz que disse, do dizer mal de forma gratuita, felizmente já vai longe. A idade faz realmente milagres, como me dizia uma amiga: a vida não pode ser somente perder quando se envelhece, o que se ganha também é muito útil, e eu só posso concordar. 

Por isso hoje afasto-me de quem gosta de fazer conversa sobre os outros, de quem gosta de difamar os outros, de quem só vê maldade, de quem não fica feliz com a felicidade dos outros, de quem está sempre à espera de ver alguém cair para depois dizer: eu bem disse...

Sei que esta forma de ser dá azo a que se fale de mim, mas não quero saber se falam bem ou mal, não quero saber o que pensam, os boatos que levantam, os falsos testemunhos que prestam, o que inventam, não quero mesmo... porque mais tarde ou mais cedo tudo se sabe, tudo se vê.

A vida sabe sempre o que faz e eu sei onde não quero estar! 

Enviar um comentário

Instagram

TODAS AS IMAGENS E CONTEÚDOS DESTE BLOG SÃO PROPRIEDADE DE CLÁUDIA GONÇALVES GANHÃO.
NÃO É PERMITIDO COPIAR OU UTILIZAR QUAISQUER CONTEÚDOS DESTE BLOG
PARA QUALQUER FINALIDADE SEM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.
© by Cláudia Gonçalves Ganhão . Design by Fearne.