terça-feira, 6 de março de 2018

Alentejo | Herdade da Matinha


Sou fã do Alentejo, é daquelas regiões do país onde mais me sinto em casa, e o Alentejo Litoral é perfeito, porque junta à típica beleza alentejana, o mar e foi por lá que passámos o último fim-de-semana de Fevereiro. 



O local escolhido foi a Herdade da Matinha, que dista do Cercal do Alentejo poucos quilómetros em estrada de terra batida, bem perto também de Porto Côvo, onde fizemos uma paragem obrigatória para recordar as minhas férias de Verão de há quase 30 anos (e que saudades desses tempos e dessa simples forma de estar) e mostrar aos meus filhos e marido os meus locais favoritos!
















A Matinha foi uma maravilhosa surpresa, onde cada detalhe, cada recanto, cada pessoa, cada cheiro são surpreendentemente tranquilizadores. A gentileza e o carinho com que somos recebidos é desarmante e contagiantes, rapidamente nos esquecemos da vida lá fora e começamos a desfrutar de tudo o que nos rodeia.

















No nosso quarto familiar, o n.º 15 encontramos um poema que me emocionou até às entranhas, um poema que mexeu comigo, escrito para mim, uma Mãe cheia de forças e fraquezas... Obrigada! 


Num refúgio onde propositadamente não há televisão nos quartos para que o exterior seja mais aproveitado em longos passeios pela natureza, assim como as salas comuns para que nos possamos deixar levar entre páginas de um bo m livro ou em família jogar ums jogos de tabuleiro, sempre à beira de uma quentinha e reconfortante lareira alentejana.

E foi mais ou menos assim que passámos os nossos dias entre muitas brincadeiras no exterior, muitas páginas de livros e muita ronha nos recantos da Matinha.


Outra das maravilhas que por lá encontramos vem da cozinha pelas mãos do Chefe David Rolo Proença, desde o pequeno-almço ao jantar, as iguarias sucedem-se dando primazia aos ingredientes que a Herdade produz ou ao que vem dos produtores locais.
Na cozinha os L's viveram ainda uma aventura culinária com a supervisão da querida Belinha que foi uma querida e os ensinou a fazer bolachas numa cozinha a sério! 
Um especial obrigada à Marta pela simpatia e por nos ter acolhido tão bem, em nome do Alfredo e da Mónica, no Alentejo que também a ela arrebatou.

A todos da Herdade da Matinha o nosso muito obrigada, foi um fim-de-semana fantástico, sentimo-nos em casa e sem dúvida que todos os momentos que aí coleccionámos ficarão guardados na nossa memória e nos nossos corações, porque nós também somos o que vivemos, quem conhecemos, os locais onde fomos! 


Herdade da Matinha | 7555-231 Cercal do Alentejo


Enviar um comentário

Instagram

TODAS AS IMAGENS E CONTEÚDOS DESTE BLOG SÃO PROPRIEDADE DE CLÁUDIA GONÇALVES GANHÃO.
NÃO É PERMITIDO COPIAR OU UTILIZAR QUAISQUER CONTEÚDOS DESTE BLOG
PARA QUALQUER FINALIDADE SEM AUTORIZAÇÃO DA MESMA.
© by Cláudia Gonçalves Ganhão . Design by Fearne.